Bem-vindo ao blog do Programa Jovens Embaixadores!

Despedida

De volta ao Brasil…

Muita emoção na hora da despedida...

Muita emoção na hora da despedida...

“Chegamos em São Paulo às 10h40 da manhã, depois de mais de 9 horas de um longo vôo vindo de Washington, D.C. Depois, era necessário pegar as malas e passar na alfândega. Em seguida, cada Jovem Embaixador precisava pegar seu novo vôo rumo ao estado em que morava.

Todos estávamos muito tristes, pois íamos nos separar depois de semanas vivendo juntos. É bastante difícil, a tristeza bate, as lágrimas caem e o coração fica apertado. Contudo, ainda resta aquela chama de reencontro acesa dentro de cada um de nós, porque iremos nos ver em Abril, matar a saudade, trocar novas experiências e ficarmos juntos outra vez.

Tive que ir embora para Pernambuco muito cedo, nem tive como ficar mais tempo com os meus amigos, pois meu vôo para Recife estava próximo. Despedi-me de todos na certeza de que em breve iria vê-los outra vez.”

Janailton Mick
Sanharó – Pernambuco

Anúncios

Choramos por saber que os melhores dias da nossa vida vão deixar saudade…

Ultima noite da equipe de Tulsa na cidade

Bem, sinceramente, hoje não foi um dia muito feliz; hoje foi a última noite da gente aqui em Tulsa.

O clima de despedida começou logo pela manhã, quando minha host mother e eu estavamos conversando sobre amanhã. Eu não pude conter minhas lágrimas; afinal, eu amo minha host mom… e amo também o jeito como ela muda de assunto quando não quer me ver chorar. RSRSRS

Depois do café, fomos ao Museu de Ciência em Oklahoma city. O lugar é realmente MUITO interessante, mas sinceramente, eu não pude aproveitar muito, pois estava a todo momento pensando na tal despedida de amanhã.

“Bom seria se o mundo fosse do tamanho de um ovo, e se todas as pessoas que a gente amasse estivessem a um palmo de distância!”

Bem, pela noite tivemos nosso último jantar em Tulsa. Foi um momento ÚNICO, em que todas as famílias com seus intercambistas se encontraram para lá, desfrutarem dos poucos momentos juntos que restavam. Hoje a noite não faltaram lágrimas e consolo. Choramos por saber que os melhores dias da nossa vida vão deixar saudade. Choramos também pela alegria de saber que o melhor nos espera… seja no Brasil, nos Estados Unidos ou em qualquer lugar do mundo.

Maria Jordana M. de Lima
Jí-Paraná – Rondonia