Bem-vindo ao blog do Programa Jovens Embaixadores!

Posts com tag “us mission

Seattle Rocks!!!

"Já fomos para a Seattle underground tour e vimos ruínas de uma antiga Seattle, fomos para um museu de música, cantamos e fizemos um tipo de show, já patinamos no gelo (estou toda roxa), já fizemos trabalho voluntário, já comemos MUITAAAAAAAAAAAA comida estranha."

Todos esses dias que passamos em Seattle estão se tornando inesquecíveis! Às vezes tenho a sensação que estou em um sonho…

Nossa rotina está como em DC…os nossos dias estão sempre cheios, às vezes tenho a sensação de viver 10 dias em 1!

Já fomos para a Seattle underground tour e vimos ruínas de uma antiga Seattle, fomos para um museu de música, cantamos e fizemos um tipo de show, já patinamos no gelo (estou toda roxa), já fizemos trabalho voluntário, já comemos MUITAAAAAAAAAAAA comida estranha, jogamos jogos típicos daqui e fomos para o high school.

Nunca ficamos sem ter o que fazer aqui!

Me acostumei com minha família em um instante. ELES SAO INCRÍVEIS! Tenho uma irmã (estou muito próxima dela…passamos o dia inteiro juntas), um imão, mãe, pai, cadela e AVÓS! Sário, meu avô e minha avó são uns “fofos” e tentam falar em português comigo!

Tentamos passar a maior parte do tempo juntos (o grupo de jovens embaixadores e os host sisters and brothers). Hoje foi um exemplo disso.

Nosso primeiro fim de semanda com a família…fomos fazer compras no shopping todos juntos!

AHH, hoje pude acordar mais tarde, depois comi um típico café da manhã norte americano e me arrumei para ir para o shopping!

Aqui é incrível porque além das host families, temos a Mia e a Margaret (host sister do Ramon) que são Jovens Embaixadoras dos EUA e foram para o Brasil ano passado!

Bom, tudo que fizemos hoje foi comprar…e passear… e nos diverti!!

Bom, tenho que dizer que:
*sinto falta do resto do grupo e do 4-h
*que às vezes penso em inglês e que
*PRECISO DE COMIDA BRASILEIRA!

Mas também tenho que falar que SEATTLE ROCKS! e eu estou amando estar aqui!

Marina Rocha de Jesus
Olinda – Pernambuco


Trabalho Voluntário: Faça-o, porque isso faz bem!

Trabalho Voluntário: Faça-o, porque isso faz bem!

Hello, queridos leitores… eu não sei como começar, mas eu posso dizer que hoje foi mais um daqueles MARAVILHOSOS dias nos Estados Unidos.

Bem, hoje nosso amigo Hyago estava gripado; então não pode participar da programação e passou o dia em casa de repouso.

O dia começou cedo. Pela manhã nos fomos ao Volunteer Central of Greater Tulsa (uma organização de trabalho volutário aqui em Tulsa), onde tivemos uma maravilhosa conversa sobre cidadania, liderança e o impacto que o voluntariado pode fazer na sociedade. Isso foi, realmente, muito interessante; pois nos motivou ainda mais a fazer a diferença em nossa comunidade como Jovens Embaixadores. A conversa foi impactante, e nós, brasileiros, sempre MUITO emotivos, chegamos a chorar por lembrar de nossos trabalhos voluntários e do amor que nos motiva a fazer isso.

“Eu não lembro o que comi há três dias no almoço, mas sei que o que comi era o que eu precisava pra manter meu corpo forte e saudável. Eu não lembro o que fiz de bom pra uma pessoa há uma semana ou há um ano; mas eu sei que isso é o que preciso pra manter minha alma viva,” disse Camille, quando questionada do que a motivava a ser voluntaria.
Trabalho Voluntário: Faça-o porque isso faz bem!

Bem, depois disso fomos para a Universidade de Oklahoma, onde lá encontramos alguns jovens americanos também envolvidos com o voluntariado. Eles são realmente MUITO amigáveis, educados, lindos, responsáveis, enfim, adoráveis! Como vocês podem ver, quebramos muitos esteriótipos em relação aos jovens americanos. Por lá mesmo almoçamos; e adivinhem o que comemos… adivinhem…

ARROZ COM FEIJÃO!!! Estava DELICIOSO!

Mais tarde fizemos um passeio por Tulsa para observar os pontos turísticos do lugar. A cidade é realmente muito linda. Depois disso visitamos o Tulsa’s Gilcrease Museum (o museu daqui). Isso foi muito divertido e interessante.

A noite fomos assistir um jogo, adivenhem de que… BASQUETE! 🙂 Todos estavam muito animados, afinal, quem vai aos Estados Unidos TEM que assistir a um jogo de basquete, certo?

Enfim, eu poderia ficar aqui horas escrevendo cada detalhe dessa experiência MARAVILHOSA, mas tenho que ser breve. Para finalizar, o que posso dizer e que nós, Jovens Embaixadores, estamos vivendo um SONHO. TUDO É PERFEITO!!!

Bye!

Maria Jordana
Ji-Parana/RO


Partimos em direção ao novo e ao desconhecido: estamos fascinados por eles!!!

“Dormimos tarde. O arrumar de malas cantava a chegada de mais uma etapa de nossa importante viagem: a ida aos nossos host states (estados anfitriões).

Quatro da manhã: nossa responsável bate a porta para despertarmos de nossas poucas horas de sono. O grupo se apronta, espalhado pelos diversos apartamentos do 4-H Conference Center. Ontem nevou: a manhã de hoje está gelada e com neve em toda parte. No lobby do hotel, nosso ponto de encontro, a equipe de jovens está mais uma vez reunida, com aparência cansada e sonolenta, após quase uma semana de intensa atividade e energia.

Nossa primeira semana e ainda estamos completamente exaustos, tanto físico quanto mentalmente. A hora de ir chega e despedidas entoam pelo lobby do hotel; os grupos que ficam despedem-se daqueles que se vão. Lá fora? O frio. Um tapete branco que nos mostrava ainda o longo percurso a ser caminhado. Partimos de ônibus, onde nosso café é servido.

O esgotamento, a ansiedade e as expectativas estão estampados em cada rosto que compõe esse quadro maravilhoso de amizade. Outro grupo se despede e sai do ônibus, enquanto os outros permanecem com um pequeno vazio que e rapidamente engolfado pelo medo e o anseio do novo.

A viagem até ao aeroporto é lenta e branca: o vento frio nos machuca a face, congela as mãos, e , apesar de tudo isso, seguimos em frente, com um sorriso de vitória. Partimos em direção ao novo e ao desconhecido: estamos fascinados por eles. Nossa já então família se divide em cinco grupos.

Cinco destinos diferentes. Mais uma página de nosso livro sobre a missão de um Youth Ambassador 2011. Boa sorte em Montana, Carolina do Norte, Ohio, Oklahoma e Washington, amigos!! Nós merecemos. E isso é apenas o
começo.

Ana Carolina Araujo Lima
Manaus – Amazonas


Uma experiência inesquecível que nenhum dinheiro no mundo pode comprar!!!

Minha host-family (família anfitriã) é muito legal e se não for a melhor, está entre as primeiras!!!

Hoje vivemos novas e incríveis experiências, nos embarcamos para nossos host-states (estados anfitriões) e foi um pouco difícil de se despedir do grupo, mas a experiência está valendo a pena. Saímos de Washington DC às 12:00 e chegamos em Charlotte às 13:30.

Quando chegamos, estávamos ansiosos para encontrar nossa host-family (família anfitriã) e foi muito surpreendente, pois eles são muito hospedeiros, legais e também se preocupam bastante comigo e o mais interessantes é que sempre estão querendo saber sobre o Brasil e sobre a nossa rotina.

Minha host-family (família anfitriã) é muito legal e se não for a melhor, está entre as primeiras, minha host-mom (mãe anfitriã) chama-se Edie, meu host-dad (pai anfitrião) chama-se Leo e meu host-brother (irmão anfitrião) chama-se Nick, eles também têm três cachorros e um cato que são meus host-pets, e a família é muito extrovertida. Bem, minha host-family na verdade não mora em CHARLOTTE e sim em uma cidade chamada LAKEWYLIE em Carolina do Sul. =P

O melhor de tudo é que eu conheço Washington DC, Charlotte (Carolina do Norte) e Lakewylie (Carolina do Sul). Está sendo uma experiência inesquecível que nenhum dinheiro no mundo pode comprar!

SIM!!!!!! Já estava esquecendo…..o tempo está maravilhosamente lindo, com neve em todo lugar e ontem nevou aqui.

Alexandre Moncale Neto
São Gotardo – MG